Amanheceremos – Jaime & Nair #4

Seja um dos 10 compradores deste NFT que inclui um mp4 com duração de 9 minutos e meio, certificado na blockchain, contendo 3 fonogramas inéditos da dupla Jaime Alem e Nair Cândia, gravados em 1979. Os vídeos são ilustrados por fotos exclusivas e registros da época. Os 10 maiores lances neste leilão levam este NFT e receberão também em sua casa o raríssimo disco de vinil “Amanheceremos”, original de 1979, autografado (frete incluído dentro do território brasileiro). E participarão de uma Live de lançamento exclusiva podendo interagir com os artistas. Os 3 fonogramas inéditos só estarão disponíveis para o público em geral via streaming após 6 meses.

* Este NFT não contempla a transferência de propriedade intelectual de nenhuma de suas partes, fonogramas ou fotos, não podendo ser usado comercialmente pelo comprador em qualquer hipótese.

1 em estoque

Este leilão foi encerrado.

Categorias: , Tags: ,
Lances

There are no bids.

Descrição
Contexto histórico:

Amanheceremos – Jaime Alem e Nair Cândia (1979)

Participação especial de Gonzaguinha.

Na década de 70, artistas, músicos e compositores, acompanhando uma tendência mundial, decidiram-se pela Produção Independente. O pianista Antonio Adolfo foi pioneiro com seu LP “Feito em Casa”, de 1977. Em 1979, o grupo vocal Boca Livre lançou o seu primeiro Álbum.

Em setembro de 1979 é lançado Amanheceremos, com a participação de Gonzaguinha. Com distribuição do selo Eldorado, o LP atingiu uma vendagem expressiva.
O disco apresenta um diferencial. Em função da limitação do número de faixas que podia conter um LP sem perder a qualidade, duas faixas vinham separadamente em um compacto simples, inserido dentro da capa do disco.

O jornalista e escritor Maurício Krubusly, observando que a dupla não obteve o destaque que merecia, em sua coluna na Revista Somtrês (março/1980), escreveu “Dentro do salubérrimo surto de gravações independentes que vicejou em 79, esta dupla não obteve o destaque que merecia… Misturando elementos urbanos e do interior com precisão…Vale investir e apostar.”

O LP Amanheceremos entrou para a categoria de raridade, comprado a peso de ouro. É cultuado nas redes sociais, com muitas publicações não autorizadas em canais do Youtube. Em 2016 o DJ Kaytranada (Canadá e Reino Unido), o mesmo que sampleou gravações de Gal Costa, pediu o licenciamento para utilizar parte do fonograma “Olho de Vidro”, quarta faixa do Amanheceremos. A parceria gerou um novo título “Got It Good” em várias versões vocais e instrumentais.

Raridades inéditas

Para tristeza dos artistas, duas músicas ficaram de fora do LP, “Coração Vazio” (Jaime Alem) e “Misturei Mandei” (Carlos Rocha e Jaime Alem). As fitas originais foram dadas como perdidas.

No ano de 2020, com a pandemia e disponibilidade de tempo, Jaime resolveu pesquisar o seu acervo e encontrou um material sem identificação, que continha cópias das gravações originais de “Coração Vazio” e “Misturei Mandei” em fita de 1/4 (de rolo), em estado crítico. Junto com elas uma versão voz e violão de “Cinzel de Ouro”, ao vivo em Juiz de Fora, um ano antes do lançamento do LP. Devidamente recuperadas e remasterizadas, as três músicas serão disponibilizadas nas plataformas digitais no segundo semestre de 2022. Curiosamente, há alguns anos atrás Jaime e Nair foram informados da existência de um depósito onde estariam armazenadas sobras de indústria de prensagem, algumas caixas do LP Amanheceremos foram resgatadas e guardadas em segurança. Este número limitado de unidades será disponibilizado para os aficcionados e colecionadores, devidamente autografadas pelos artistas.

Maestro JAIME ALEM
Compositor. Instrumentista. Arranjador. Diretor Musical
  • Diretor musical de Maria Bethânia por 28 anos
  • Disco de Ouro em 1989
  • Premio Sharp 1990
  • Premio da APCA  (Associação dos Críticos de Arte de SP ) como melhor arranjador de 1992
  • Trilha sonora para o filme “DOIS FILHOS DE FRANCISCO”
  • Tema para o premiado MUTUM – Melhor Filme no Festival do Rio 2007
  • Orquestra Sinfônica Nacional UFF –  SUITE CABOCLINHA – Concerto Para Viola Caipira e Orquestra Sinfonica – 2017
  • Direção Musical Maria Bethânia e Zeca Pagodinho – 2018/19
  • Como Diretor Musical de Maria Bethânia – mais de vinte álbuns e shows no período 1984 a 2012.
  • Trabalhos com outros artistas: Golden Boys, Trio Esperança, Os Abelhudos, Elba Ramalho, Alcione, Rita Benneditto, Nair Cândia, Sueli Costa, João Fenix.
  • Produção e Direção Musical do show e DVD de grande sucesso “As Três Meninas do Brasil”.
  • Produziu Cds do sambista Dicró incluindo-se o fantástico “Três Malandros” com a participação de Moreira da Silva e Bezerra da Silva.
Produções e criações variadas 2018 a 2021
  • Arranjos para o novo álbum da cantora Joanna – 2018
  • Teatro de Goiânia – 1º de Março 2019 – inauguração da temporada oficial com a Orquestra Sinfônica de Goiânia –  SUITE CABOCLINHA – Concerto Para Viola Caipira e Orquestra Sinfonica.
  • Lançamento do Trio JaNaJu juntamente com Nair Cândia e Jurema de Cândia – Outubro de 2020
  • Produção Álbum “Gotas de Sangue” – João Fênix e Luis Otávio – Biscoito Fino – 2021
  • Outubro de 2021- Retomada concertos – Homenagem a Vinicius de Moraes – Teatro João Caetano RJ – OSRJ – com Haroldo Costa, Joyce Moreno, Marcos Sacramento, Marcel Powell e OSRJ – Orquestra de Solistas do Rio de Janeiro.
Discografia autoral:

1974 – Jaime e Nair – (CID) LP
1979 – Amanheceremos – Jaime e Nair – Independente – LP
1989 – CD Canção de Um Outro Dia – Nair Cândia
2001 – CD Um Banquinho, Um Violão – Seven  Records
2001 – Lançamento no Japão do LP Jaime e Nair em CD – Video Arts Music – Japão
2009 – Dez Cordas do Brasil – instrumental de viola caipira – Selo Repique Brasil
2014 – CD Meu Relicário – Biscoito Fino
2017 – Relançamento do LP Jaime e Nair – Brasil e exterior – Polysom
2020 – Single “Homens de Pedra” – Trio JaNaJu – 10 de Agosto 2020

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e Termos de Uso, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.